Tumblelog by Soup.io
Newer posts are loading.
You are at the newest post.
Click here to check if anything new just came in.
webseutratamento3

Como Digitar Artigos De Website De Alto Nível Que Não Oprimem Os Seus Leitores


Elaborar Site Grátis?


Jogos de videogame não costumam ter uma reputação muito interessante. Muitas vezes são vistos como violentos, viciantes e uma péssima forma de ir o tempo e nos deixar gordos. No entanto isso não é completamente verdade. Muitos jogos são desenvolvidos para gerarem privilégios educacionais e físicos para os jogadores. Jogos que usam ações repetitivas treinam os músculos e o cérebro para reagirem melhor em ações pela vida real.


Os videogames tem o mesmo efeito que ler ou andar de bicicleta no nosso cérebro, o aprendizado cria milhares de outras conexões. Encontre abaixo várias vantagens de jogar videogame. Jogos de ação exigem raciocínio e ações rápidas pra que você não seja morto. Pela vida real estes jogadores tem uma ideia melhor do que está acontecendo ao seu redor e são capazes de tomar decisões mais de forma acelerada, de acordo com cientistas da Universidade de Rochester.


Em um estudo, membros entre 18 e 25 anos foram divididos em 2 grupos. Um grupo jogou 50 horas de jogos de ação como “Call of Duty 2” e “Unreal Tournament”. O outro grupo jogou 50 horas do jogo de simulação “The Sims2”. Os jogadores de ação tomaram decisões 25% mais rápidas em tarefas não relacionadas a videogame sem perder a precisão.


Videogames dão as pessoas mais controles sobre o assunto os seus sonhos e cortam os pesadelos. Alguns estudos mostraram que os jogadores tem uma maior tendência a terem sonhos lúcidos, o que significa que eles podem controlar conscientemente o que está acontecendo nos seus sonhos. Psicólogos acreditam que isso está referente com o acontecimento de que os jogadores estão acostumados a “habitar” realidades possibilidades.


Jogos de estratégia podem mudar nossa maneira de reflexionar ao ponto de aprendermos a tomar decisões mais sábias e éticas. Essa é a ideia por trás do jogo Quandary, que coloca os humanos para colonizar planeta Braxos, e necessita de que o jogador, ou capitão, ajude a solucionar os dilemas entre os colonos.


  • 5 dicas como ampliar as vendas da sua loja virtual

  • oito Criação de critérios para a inclusão de itens em artigos sobre isso datas

  • Frases com oito frases: 100% de entendimento

  • Faça prazeroso emprego da repetição de frases ou sentenças pra reforçar um ponto de visibilidade

  • Prata e dourado: exclusividade, riqueza e valor

  • Remova e desautorize links ruins



Um outro estudo feito por Daphne Bavelier da Universidade de Rochester, ilustrou que os videogames melhoram a visão fazendo com que os jogadores se tornem mais sensíveis a diferentes tons de cores, conhecido como sensibilidade ao contraste. Pessoas que jogam games de ação, principalmente em primeira pessoa, são 58% melhores em distinguir pequenas diferentes em contrastes. Quando as pessoas jogam games de ação elas estão mudando o trajeto do cérebro responsável pelo processamento visual e isso pode estar auxiliando o cérebro a fazer um melhor exercício da detalhes que recebe. Um jogo chamado NeuroRacer que envolve preservar um carro na rodovia e apertar os sinais corretos no controle conseguiu melhorar a memória de curto período e o questão em idosos. Em um estudo, um grupo de pessoas entre sessenta e oitenta e cinco anos jogaram o game por doze horas durante um mês. 6 meses após jogar o jogo, eles estavam melhoras em multitarefas, guardavam mais sugestões em um curto tempo de tempo e tinham um foco superior.


O estudo descobriu que médicos que passaram um mês jogando Wii Tennis, Wii Table Tennis ou High Altitude Battle tiveram melhores resultados nos testes de coordenação e precisão de movimentos. Um estudo descobriu que jogos de ação ajudam a criancinhas com dislexia a lerem rapidamente e com mais exatidão.


Os pesquisadores disseram que 12h de jogos tiveram um consequência melhor na perícia de leitura do que 1 ano de tratamento tradicional pra leitura. Ao aperfeiçoar a técnica de concentração, os videogames melhoram a experiência de leitura. Gurias de três a seis anos que jogam games interativos, como o Wii, tem habilidades motoras melhores do que aqueles que não jogam. Isso adiciona habilidades como chutar, pegar, jogar e bater uma bola. É viável que os jogos melhorem a coordenação entre os olhos e as mãos, todavia os pesquisadores notaram que crianças que neste instante possuíam melhores habilidades motoras se sentiam mais atraídas por estes jogos em primeiro espaço. O físico Ingmar H. Riedel-Kruse montou uma coletânea de jogos que ensinam processos biológicos. Os jogos envolvem um corpo unicelular contido em uma câmera de fluido.

Tags: blog

Don't be the product, buy the product!

Schweinderl